Tamanho do Texto:
A+
A-

Como surgiu o bairro das Mercês em Curitiba

Publicado por Frei Kleber Moresco | 12/06/2018 - 23:50

Curitiba é formada por vários bairros, cada um possui suas próprias características e qualidades. Alguns são mais residenciais, outros mais comerciais e outros mais aventureiros. Mas o importante é saber escolher o mais adequado para você, que combine com a sua personalidade e se encaixe no seu dia a dia.

O bairro das Mercês é aquele cantinho de Curitiba que possui praticamente tudo o que você precisa, fácil localização, tranquilidade, escolas, mercados, igrejas e áreas naturais. Pode ser uma ótima opção para quem possui crianças pequenas ou que trabalha nos bairros São Francisco, Centro, Batel, Bigorrilho ou Santa Felicidade. Continue lendo o artigo e saiba como escolher o imóvel perfeito! Confira todos os detalhes!

Um pouco da história do meu bairro

A partir do século 19 muitas famílias de origem alemã se estabeleceram no atual bairro das Mercês. Alguns anos depois, em 1929, o bairro ganhou a Igreja Nossa Senhora das Mercês, devido à devoção pela Nossa Senhora das Mercês naquela época. Construída por freis capuchinhos e elevada a Paróquia em 1951. Todos os anos os freis fazem capuchinhos fazem a tradicional bênção de carros na Av. Manoel Ribas, em frente à Igreja.

Desde então, o bairro começou a se tornar cada vez mais popular aos olhos dos grandes investidores. Muitas construções históricas começaram a surgir, como é o caso da Torre Panorâmica e o Canal da Música. Algumas das redes de comunicação mais conhecidas de Curitiba estão localizadas nas Mercês, como a RPCTV, a 98 FM e a Rede Massa.

As mercês também possui o Farol do Saber, são bibliotecas disponíveis nos diferentes bairros de Curitiba. O projeto é totalmente inspirado no Farol de Alexandria, representado pelo nascimento cultural. Sendo assim, o mesmo foi implantado em 1994, ao todo são 47 bibliotecas espalhadas pela cidade, cada uma possui um nome especifico em homenagem a um escritor.

Imóveis no bairro das Mercês

Alugar ou comprar um apartamento para você e toda sua família demanda muito tempo, pesquisa e tranquilidade, uma vez que é necessário conferir todos os detalhes para ter certeza de que é a escolha certa e mais adequada para o momento. Comece realizando uma lista com todos os todos os itens importantes e que não podem faltar para atender às necessidades atuais e evitar que problemas aconteçam por falta de espaço, conforto e conchego.

Feito isso, procure imobiliárias em Curitiba de confiança e que já tenha tido contato em outras oportunidades, este pequeno detalhe irá facilitar o processo. A localização deve ser um dos primeiros itens a ser verificado, já que isso é essencial para facilitar o dia a dia. Algumas das melhores ruas para escolher são a Av. Manoel Ribas, Rua Jacarezinho, Rua Brigadeiro Franco e Rua Visconde de Nácar. Para quem prefere mais sossego e tranquilidade é possível procurar as ruas Júlio Perneta, Rosa  Saporski e Teffé.

Além disso, alguns apartamentos a venda no Mercês estão localizados próximos de mercados, escolas, igrejas, hospitais e centros comerciais, tais como o Festival, Hospital nossa senhora das Graças, Colégio Dom Bosco e Paróquia Nossa Senhora das Mercês. Na maioria das vezes, esses endereços costumam ser mais valorizados, ideal para quem está em busca de investir e ter uma renda extra todos os meses.

Também é necessário calcular o espaço da casa ou apartamento, deve ser suficiente para acomodar todos os moradores, sem deixar de lado a decoração e o estilo. Após ter analisado todos os itens e feito a escolha mais adequada, agende uma visita e confira todos os detalhes do imóvel, para ter certeza que esteja em boas condições. Qualquer observação deve ser passada imediatamente para o seu corretor ou imobiliária.

O que fazer no bairro das Mercês?

Com vimos anteriormente, imóveis à venda no Mercês não faltam e as localizações são muito boas e com fácil acesso ao centro de Curitiba. Agora é hora de conferir um pouco sobre as atrações que este maravilhoso bairro oferece para toda a família. Confira todos os detalhes e programe-se!

A Torre panorâmica é um dos principais pontos turísticos do bairro, está localizada na Rua Jacarezinho, sendo fácil para chegar de carro ou ônibus. Aqui, é possível ter uma vista panorâmica de Curitiba, já que sua altura é de 109,5 metros. Sua inauguração foi feita no dia 17 de dezembro de 1991 Para poder conferir de pertinho a torre é preciso pagar uma taxa simbólica de R$5 reais por pessoa e apenas R$2,50 para crianças entre 5 a 9 anos de idade. O horário de funcionamento é de terça a domingo das 10 horas às 19 horas. Porém, não deixe para comprar o seu ingresso no último momento, uma vez que o portão para a compra fecha 18h e 30 minutos. 

Santa felicidade faz divisa com o bairro das mercês, o bairro mais italiano da capital paranaense. Por lá é possível encontrar uma grande variedade de restaurantes com comidas típicas, como o tradicional Castello Trevizzo, Adega Durigan e Petit Château. Desde a praça das mercês basta pegar o ônibus Bairro Alto/Santa Felicidade, em apenas 15 minutos chega até o terminal. Mas certamente, o cartão de visita fica por conta do portal que se encontra ao sair do bairro de Santa Felicidade.    

Para quem não sabe, mas um dos parques mais conhecidos e famosos de Curitiba, o Barigui, pertence ao bairro das Mercês. Um ambiente tranquilo, confortável, sem estresse e com fácil saída para o centro da cidade. Ideal para quem deseja criar os filhos em um ambiente perto da natureza e com boas condições de vida.

Além dos pontos turísticos que foram mencionados anteriormente, é possível encontrar uma grande variedade de restaurantes e barzinhos para passar horas jogando conversa fora com os amigos. Procure novidades sobre o bairro e sabe como aproveitar as noites curitibanas, é um dos bairros mais movimentados da cidade paranaense.

Gostou do artigo? Continue acompanhando nossas postagens. Compartilhe em suas redes sociais, certamente irá ajudar muitas pessoas que estão em busca de informações, dicas e curiosidades!

Sobre o autor
Frei Kleber Moresco

Frei Capuchinho da Provincia do Paraná e de Santa Catarina

(klebmoresco@hotmail.com)