Tamanho do Texto:
A+
A-

SABER ADMINISTRAR

Publicado por Robson dos Reis Silva | 07/10/2017 - 00:00

A tendência de acomodar-se é muito forte na mente e nas atitudes de muitos. Após tentativas em prol de algum projeto sem resultados, a pessoa tende a desanimar e se acomodar, ou tentar outros caminhos. Mas, após tentativas frustradas, dificilmente se animará a recomeçar, ou a desafiar as próprias capacidades em construir novos caminhos.

O desafio maior será sempre o de acreditar em suas próprias capacidades. Acreditar que é capaz de assumir e realizar algo que o projete no meio em que vive e junto às pessoas com quem se relaciona. Isso porque o ambiente pode influenciar no momento de tomar certas decisões. Será preciso distinguir entre seguir ou contrariar conselhos colocando seus talentos e sua coragem em favor de uma decisão totalmente pessoal.

Essas serão pessoas corajosas. Não terão medo de arriscar tudo em favor de um ideal. Mesmo tendo que enfrentar calúnias não desistirão de seus sonhos. Sua vitória não será apenas uma conquista pessoal, mas também uma lição de autodomínio e de coragem.

E a recompensa consistirá no prazer de proclamar a todos que vale a pena empenhar tudo na conquista de um sonho muito pessoal, mas que transformará o ambiente e o pensar de todos.

O caminho para chegar a isso não será muito fácil. Exigirá humildade alimentada pela paciência frente às dificuldades. Exigirá um cultivo fiel dos próprios valores.  Exigirá fé e muito amor ao que se propõe. Exigirá um espírito muito forte que o mantenha em sintonia permanente com o próprio Deus.

Acima de tudo exigirá sabedoria para bem administrar os dons que a natureza lhe favoreceu, sabendo serem dons provindos de Deus, alimentados pela confiança com que se relaciona com aqueles e aquelas que não temem sacrifícios e nem renúncias para alcançarem o ideal desejado.

São verdadeiros milagres de Deus. São presentes que Deus coloca à disposição de seus filhos e filhas. Feliz de quem souber acolhê-los cultivando-os para que produzam bons frutos de sabedoria e de graça, de amor e de perfeição. Assim o mundo será mais belo, mais solidário e mais fraterno. E todos estarão revestidos dessa graça e realizaram algo para o bem da humanidade. E todos cantarão solenemente o hino de vitória.

Com certeza todos poderão respirar o novo e alentador ar da paz. Todos sentarão à mesma mesa da comunhão de sentimentos e saciaram a fome de justiça. Todos se sentirão em harmonia com a vida e com as coisas do céu e as coisas da terra. E não haverá nem guerra e nem fome. Haverá alegria em todos os olhares, solidariedade em todos os gestos e felicidade em todos os corações.

Esse maravilhoso sonho um dia ainda todos poderão realizar. Não tenham medo. Cultivem o bom humor. Alimentem a fé em Deus. Respeitem as diferenças. Amem a vida. Administram com simplicidade seus talentos. Sonhem alegrias e conquistas apaixonantes.

E haverão de renovar a face da terra. E haverão de celebrar a perene felicidade entre todos os que se sensibilizam com os sentimentos que iluminam as mentes e transformam a realidade para ser vivida até a eternidade.

Sobre o autor
Frei Venildo Trevizan
Sacerdote. Nasceu no ano de 1939 em Paraí-RS. Filho de Ângelo Trevizan e Carmela Richetti.