Noviciado

O ponto alto da formação inicial é o período chamado de noviciado que tem a duração de um ano. Este é o tempo em que se proporciona aos vocacionados uma iniciação mais intensa com possibilidade de uma experiência mais profunda da vida evangélica franciscano-capuchinha em suas exigências fundamentais de seguimento de Jesus Cristo pobre, humilde e crucificado numa vida de fraternidade vivida na minoridade, como irmãos, a serviço uns dos outros e dos mais necessitados. Este período já exige do vocacionado uma opção livre e madura pela vida religiosa consagrada.

É no início do noviciado que os vocacionados recebem o hábito, símbolo de consagração como Capuchinho, e começam a ser chamados de freis. Para os Freis Capuchinhos as roupas que vestem devem ser sinal tanto da consagração a Deus como minoridade fraterna. São, então, desafiados a revestirem-se de Cristo manso e humilde e a ser menores de verdade, de coração, de boca e de ação. A exemplo de São Francisco são chamados a lutar para serem bons com todas as suas forças, sendo autênticos no que dizem e no que vivem. Julgando-se menores do que todos sejam os primeiros a honrar os outros.

Assim, o noviciado, é quando o jovem começa a vida na Ordem Capuchinha, é um período de formação mais intensa e tem o objetivo de fazer que os noviços conheçam e experimentem a forma de vida de São Francisco, impregnem mais profundamente a mente e o coração de seu espírito e, avaliando melhor o chamado do Senhor, comprovem seus propósitos e sua idoneidade. Ou seja, é um tempo intenso de conhecimento da vida franciscana, de vivência em fraternidade, de estudo, oração e trabalho.

Ao finalizar o noviciado, os freis fazem os votos de Consagração Religiosa, a profissão temporária e partem para a última etapa da formação inicial, o tempo da profissão temporária.

A partir de 2017 o nosso noviciado é feito juntamente com a Província do Paraná e Santa Catarina.

Endereço do convento:
Rua Santa Catarina, 9911, Km 9
Caixa Postal – 5301
89202-974 - Joinville-SC