Necrologia

Selecione o Mês:

Frei Demétrio Polês Zancheta (Antonio)

02/06/1918
22/02/1968

Nasceu no dia 02 de Junho de 1918 em Encantado-RS. Filho de Luiz Zanchetta e Maria Polês.

* Professou no dia 06 de Janeiro de 1938 em Flores da Cunha-RS
* Ordenado Sacerdote no dia 26 de Dezembro de 1943 em Garibaldi-RS.

No Rio Grande do Sul trabalhou nas cidades de Flores da Cunha, Pelotas, Soledade, Caxias do Sul. Em São Paulo na cidade de Birigui e na Província do Brasil Central em Goiânia-GO e Brasília-DF.

Pioneiro em Brasília, celebrou a Primeira Missa no Distrito Federal, no dia 03 de Agosto de 1958 com a presença de 15 pessoas. No dia 13 de maio de 1959 o Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira concedeu-lhe licença para a transmissão da Missa pela Rádio Nacional.

Faleceu no ano de 1968, em Paim Filho-RS, onde está sepultado, tomado por um câncer no cérebro. Tinha 49 anos, 30 de vida religiosa e 24 de Presbítero.

Frei Luis Maria Liberali (Ricardo Domingos)

05/07/1903
10/02/1978

Nasceu em Veranópolis-RS no dia 05 de Julho de 1903. Filho de Felice Liberali e Giuseppina Zanatti.

* Ordenou-se sacerdote diocesano no dia 28 de outubro de 1928 em Uruguaiana-RS.
* Ingressou na Ordem no dia 18 de Janeiro de 1947.
* Professou os votos no dia 19 de Janeiro de 1948 em Flores da Cunha-RS.

Como Frade trabalhou no Rio Grande do Sul nas cidades de Veranópolis, Lagoa Vermelha e Caxias do Sul (redator do Correio Riograndense). Em São Paulo trabalhou na cidade de Glicério. Na Província do Brasil Central trabalhou nas cidades de Bataguassu-MT, Campo Grande-MS, Aparecida do Taboedo-GO e Anápolis-GO. Foi Missionário no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, Acre e Amazonas, tendo atuado também como sertanista, mantendo contato com as nações Bororó, Cintas Largas e outras.

Faleceu em Goiânia, vítima de Câncer e está sepultado em Hidrolândia-GO. Contava com 75 anos, 49 de Sacerdócio e 30 de vida Religiosa.

Combativo, de espírito apologético e polêmico, poeta e escritor, escreveu vários livros.

Frei Dionísio Zandoná

05/11/1940
13/02/2016

Nasceu no dia 05 de Novembro de 1940 em Veranópolis-RS. Filho de Domingos Luiz Zandoná e Dozolina Amábile Ferronato Zandoná. Foi Batizado por Frei Anselmo Reginato, no dia 08 de Novembro de 1940 na Paróquia São Luiz Gonzaga em Veranópolis-RS; crismado no dia 13 de maio de 1945, na mesma Igreja.

Entrou para o Seminário Santo Antônio no dia 24 de Janeiro de 1951 em Vila Flores-RS, onde estudou o chamado primário em 1951 e 1952. Em 1953 foi para Veranópolis-RS, onde fez o ginásio, concluindo ao fim de 1955. Em 1956 onde fez o postulantado, concluindo ao fim de 1957. Entrou para o Noviciado no dia 25 de Janeiro de 1958 em Garibaldi-RS, tendo como Mestre de Noviços, Frei Urbano Poli.

* Profissão Temporária no dia 25 de janeiro de 1959, em Garibaldi-RS. Terminado o Noviciado em Janeiro de 1959 foi para o Convento São Boaventura em Marau-RS onde cursou o científico, concluído ao fim de 1960. De 1961 a 1963 cursou a Faculdade de Filosofia, no Seminário São Geraldo em Ijuí-RS.
* Profissão Perpétua no dia 25 de Janeiro de 1963 em Ijuí-RS. De 1964 a 1967 cursou a Faculdade de Teologia, no Convento São Lourenço em Porto Alegre-RS.
* Ordenado Diácono no dia 15 de Setembro de 1967 em Porto Alegre-RS.
* Ordenado Sacerdote no dia 10 de Dezembro de 1967 em Porto Alegre-RS, por Dom Vicente Scherer

Atividades e funções exercidas:

1968 – Vigário Paroquial na Paróquia Imaculada Conceição em Caxias do Sul-RS
1969 – Curso Pastoral no ISPAC em Porto Alegre-RS.
1970 a 1977 – Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Abadia em Piracanjuba-GO.
1978 – Curso CEFEPAL em Petrópolis-RJ.
1979 a 1984 – Pároco na Paróquia Santo Antônio em Goiânia-GO.
1985 a 1990 – Pároco na Paróquia Nossa Senhora da Abadia em Piracanjuba-GO.
1991 a 1994 – Guardião da Fraternidade e Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Campo Grande-MS.
1995 a 1999 – Pároco na Paróquia São Francisco e Guardião da Fraternidade em Coxim-MS.
2000 a 2005 – Guardião da Fraternidade e Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora da Abadia em Sidrolândia-MS.
2006 – Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Campo Grande-MS.
2007 a 2011 – Guardião da Fraternidade e Vigário Paroquial - Paróquia São Sebastião em Anápolis-GO.
2012 a 2015 – Guardião da Fraternidade e Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora em Rio Verde-MS.

Em 2015 foi diagnosticado a enfermidade, dirigindos-se à Fraterndade Nossa Senhora de Fátima em Campo Grande-MS para tratamento.

Sentiu-se surpreendido com a enfermidade... eis o que escreve a Frei Cláudio (Ministro Provincial) no dia 14 de janeiro de 2016: 

Surpreendeu-me a enfermidade, ainda mais com a gravidade com que se apresentou. Passei, praticamente, toda minha vida num corpo sadio. Desde o início e percebendo a realidade, o meu estado físico, procurei colocar tudo nas mãos de Deus, num ato de fé. Nem uma murmuração e no íntimo rezo: “Seja feita a vontade de Deus”.

Faleceu na tarde do dia 13 de fevereiro de 2016 em consequência de insuficiência respiratória, carcinomatose peritoneal, câncer metastático hepático, câncer cólon. Foi velado na Comunidade Santíssima Trindade com a participação dos confrades e paroquianos, inclusive de cidade circunvizinha onde o mesmo trabalhou. Às 14h, a missa de corpo presente foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, com a participação de seu auxiliar Dom Mariano e Dom Vitório Pavanello (emérito), Frei Cláudio Fumegalli, confrades das fraternidades da região do Mato Grosso do Sul e povo de Deus; em seguida seguiu o cortejo para o Cemitério Campo das Primaveras onde foi sepultado. Frei Dionísio contava 56 anos de Vida Religiosa Consagrada e 49 anos de Sacerdócio – ao que ele cita:

E na velhice com os meus cabelos brancos, eu vos suplico, ó Senhor não me deixeis (Sl. 118,19)

 

Frade sempre muito disponível e promotor da Vida Fraterna, com a alegria que lhe era própria. Seu hobby, a pescaria e as brincadeiras referentes à mesma. 

Veja Mais