Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora - Rio Verde de Mato Grosso-MS

Em 1910, o fazendeiro Américo de Souza Brito possuía, nesta localidade, uma área de 33.570 hectares, propriedade que se denominava Fazenda Campo Alegre. Em 1913 Américo fez várias doações de terras a destinatários, seus parentes, entre os quais, uma de 1.000 hectares a Antônio Vitorino da Costa.
Como proprietário, Antônio fez erguer, em local próximo a atual cidade de Rio Verde, alguns ranchos para outros parentes. Estas foram as primeiras casas de Rio Verde.
Em 1931, pelo seu progresso, o povoado foi elevado à categoria de distrito de paz da comarca de Coxim. O Distrito, em 31/12/1943, foi denominado Coronel Galvão.
O Desmembramento de Coxim, com elevação a município, se deu a 16/12/1953, sendo denominado Rio Verde do Mato Grosso, com área de 9.483Km².

História religiosa

A 19/12/1956, Dom Orlando Chaves, bispo de Corumbá, desmembrou de Coxim a Paróquia de Rio Verde, dando como padroeira Nossa Senhora Auxiliadora, com os mesmos limites do município.

1° Pároco – Frei Nicásio Muraro de Parai (01/01/1957 04/01/1959).  

Nos primeiros três meses, Frei Nicásio hospedou-se na pensão São José, de José Cândido de Aguiar, enquanto se faziam as adaptações na canônica, onde passou a morar.
Organizou-se a paróquia, construiu a matriz. Sofreu bastante, mas tudo superou com espírito apostólico. A 04 de janeiro de 1959, Frei Nicásio deixou Rio Verde com destino a Marau-RS.

2° Pároco – Frei Gilberto Motter (07/03/1959 – 28/02/1960)  

Neste período atendia simultaneamente a paróquia de Coxim. Em 12/02/1960, chegou Frei Diogo Sorgatto, como vigário paroquial.

3° Pároco – Frei Diogo Sorgatto (01/01/1961 – dezembro 1961).

Começou a reforma da matriz. Foram adquiridos dois lotes ao lado da Canônica. Em agosto de 1961 foram realizadas as missões, pregadas pelos capuchinhos.

4° Pároco – Frei Cristóvão Pirolli de Vacaria (11/01/1962 -1976)

Em 1969, Frei Ernesto Zamboni é auxiliar em Rio Verde. Frei Cristóvão construiu o salão paroquial, fundou a Escola Agrícola Rio Verde, da qual foi diretor e professor.
Construiu uma série de barracos para abrigar professores, famílias pobres, peregrinos e policiais.
Sua obra principal foi a monumental escada de ferro que da acesso ao Monte Castelo, catedral do Juízo Universal, onde muitas vezes se recolhia para orações. Em fevereiro de 1963, chegaram as Irmãs de Jesus Adolescente. Em agosto de 1966, teve uma Missão, pregada pelos Freis Adriano, Leônidas e Ismael.

5° Pároco – Frei Leônidas Lourenço Salvador (14/03/1976 – 1979)

Com seus lances missionários e ajuda dos cooperadores (Frei Ernesto e Frei Carlos Smiderle), dinamizou os grupos paroquiais e construiu nova canônica. Neste período, Dom Antonio Barbosa, Bispo de Campo Grande, anexou a Bocâina a Rio Negro.

6° Pároco – Frei Carlos Smiderle (fevereiro 1979/1982)

Construiu o Centro Comunitário de Nova Rio Verde e começou as obras do novo salão paroquial. Neste período chegaram as irmãs catequistas franciscanas (Irmã Nilza e Irmã Santina). De 02 à 10 de agosto de 1980, teve missões.

7° Pároco – Frei Ismael Reginato (02/05/1982 – 28/12/1984).  

Concluiu o salão paroquial e construiu centros comunitários nos bairros, reformou e ampliou a matriz. Foi coadjuvado, sucessivamente, por Frei Miguel Dametto e Frei Gervásio Ferronato.

8° Pároco – Frei Cirino João Primon (22/01/1985 – 31/12/1985)  

Construiu a creche. Teve como vigário cooperador Frei Izidoro Bianchi.

9° Pároco – Pe. Severino Orso (18/01/1986 – 25/12/1987)  

Construiu o Centro Comunitário. 

10° Pároco – Frei Silvério Costella (25/12/1987 – 11/12/1990)  

Em 15 de maio de 1988, foi posta a pedra fundamental da nova matriz.

11° Pároco – Frei Martinho Rigotto (11/12/1990 – 1993)
12° Pároco – Frei Alexandre Agostini (26/12/1993 – 1999)
13° Pároco – Frei Almir Webber (05/03/2000).  

___________________

Praça 7 de setembro, 120
79480-000 - Rio Verde de Mato Grosso-MS

Fone/Fax: (67) 3292-1359
E-mail: auxiliadora.rioverde@gmail.com

 

FRATERNIDADE NOSSA SENHORA AUXILIADORA


Frei Aclísio Francisco Alves – Pároco
Frei José Ferreira Pinto – Guardião e Vigário Paroquial
Frei David Durante – Eremitério