Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Rio Verde-GO

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima foi criada no dia 10 de março de 1963 através do decreto do bispo diocesano Dom Benedito Domingos Cóscia, com sede na então capela Santa Rita, na cidade de Rio Verde, situada na rua Augusta Bastos esquina com Nivaldo Ribeiro, Centro. Foi desmembrada da Paróquia Nossa Senhora das Dores e compreende parte da cidade e parte da zona rural, na época de sua fundação abrangia Montividiu e Santo Antônio da Barra, hoje estas já são paróquias e não pertencem mais à Paróquia Nossa Senhora de Fátima. A Paróquia atende uma população de cerca de 20.000 habitantes e possui cinco comunidades, Santuário Divino Pai Eterno, Comunidade Santa Izabel, São João Batista, Santa Luzia e Comunidade Maria de Nazaré. Seu primeiro pároco foi Frei César Collet nomeado por Dom Benedito Domingos Cóscia dia 24 de março de 1963. Frei César veio de Erechim – RS.

Assim que chegou em Rio Verde, Frei César foi acolhido carinhosamente pelo casal Océlio Campos Macedo e Célia, sua esposa, além de outras famílias que residiam próximas e o auxiliava nos trabalhos paroquiais. Frei César construiu a Capela São Cristóvão, o atual Santuário Divino Pai Eterno e o Centro de Promoção Humana, este servia à comunidade para a realização de cursos de datilografia, bordado, crochê, corte e costura, manicure, entre outros.

Frei César permaneceu em Rio Verde, na administração da paróquia, durante 12 anos. No dia 17 de abril de 1967 recebeu como vigário paroquial Frei Lourenço João Armiliato. Com o Frei César estiveram em Rio Verde sucessivamente como vigários paroquiais os Freis: Leonildo Frizon, Gentil Guzzo e Eronides Firmino de Souza (natural de Rio Verde-GO). Em 1974, Frei Rodolfo José Bianchi chega à Rio Verde para substituir Frei Lourenço. No fim de 1974, frei César deixou a paróquia, sendo agraciado com o título de “Cidadão Rio-Verdense”.

Em 1975 chega em Rio Verde Frei Angélico Aresi, e Frei Isidoro Bianchi assume o serviço pastoral de pároco, contando na paróquia como vigários seus dois irmãos Frei Rodolfo José Bianchi e Frei Guilherme Bianchi e como auxiliar na pastoral. Frei Isidoro permaneceu por três anos como pároco e no dia 28 de fevereiro de 1977 foi transferido para Coxim-MS.

Frei Rodolfo recebe os vigários paroquiais: Frei Norberto Sogari e Frei Basílio Pixinin.

Com o passar dos anos, Frei Rodolfo, zela pelo crescimento espiritual da paróquia, e constrói as capelas: Santa Luzia (Vila Menezes), Capela São José (Bairro Martins), Capela Nossa Senhora da Guia (Vila Borges), Capela São João Batista (Prolongamento do Jardim América), entre outras construções como a reforma do Santuário Divino Pai Eterno, do Salão Social do Santuário Divino Pai Eterno, da Casa Paroquial, construção de um albergue no Jardim Presidente (Hoje a área e a construção já não pertencem à Paróquia).

No dia 08 de dezembro de 1983, a ampla e bela Igreja matriz de Nossa Senhora de Fátima era abençoada por Dom Benedito Domingos Cóscia e inaugurada, com a participação de Dom Miguel Mundo, de Dom Clóvis Frainer, Bispo de Coxim, do Provincial Frei Jaime Biazus, de uns trinta sacerdotes e expressiva participação do povo.

No dia 3 de julho de 1988, celebrou-se os 25 anos de criação da paróquia Nossa Senhora de Fátima.

No dia 17 de fevereiro de 1991, Frei Adriano Luiz Pícolli toma posse, como pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, contando com o auxílio de Frei Leônidas que continua na paróquia. Em sua administração, Frei Adriano constrói a capela Santo Agostinho (Bairro Santo Agostinho) inaugurada em outubro de 1991, e a capela Maria de Nazaré (Vila Serpró) em 1992, graças ao apoio dado aos Vicentinos que muito contribuíram para a construção desta capela.

No dia 14 de novembro de 1992, na matriz Nossa Senhora de Fátima é ordenado o primeiro diácono da Paróquia, o Diácono Orlando Henrique da Cunha que passa a colaborar assiduamente nos trabalhos pastorais.

Em fevereiro de 2003 chega a Rio Verde Frei Leodir Pedro Casonato como vigário paroquial. Em agosto de 2003 Frei Leodir deixa Rio Verde e é substituído pelo recém-ordenado sacerdote Frei Manoel M. da Silva Neto.

Em janeiro de 2004 chega a Rio Verde Frei José Ferreira Pinto que substitui Frei Manoel M. da Silva Neto. Em julho de 2004, Frei José Ferreira Pinto é transferido. Ficam na paróquia Frei Rodolfo Bianchi e Frei Jaime Biazús.

Dias 27 e 28 de outubro a paróquia acolheu com muito carinho, no Santuário Divino Pai Eterno, as delegações e CPPs das diversas paróquias do Brasil Central, onde atuam os Freis Capuchinhos. Este encontro contou com a presença de 92 participantes, entre estes 16 frades. Na ocasião foi apresentado à comunidade o Frei Onil Lorenzzetti que seria o novo pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Rio Verde-GO.

Em trinta e nove anos de dedicação dos Freis Capuchinhos na paróquia Nossa Senhora de Fátima, muito trabalho de construção humana, material e principalmente de evangelização foi realizado. Foram longos anos de presença marcante e fundamental para a cidade de Rio Verde e região. Podemos destacar essa importância em vários trabalhos, desde a sua criação, a paróquia Nossa Senhora de Fátima teve a graça de contar com o trabalho das Irmãs Vicentinas que na paróquia exerceram diversas atividades, como secretárias (Irmã Beckman e Auxiliadora), como professoras no Colégio do Sol, como diretora do mesmo colégio (Irmã Beckman), como orientadoras dos jovens, coordenadoras da catequese, dos cursos realizados no Centro de Promoção Humana, entre outras atividades. Foram várias irmãs e noviças que passaram pela paróquia nestes 50 anos de fundação, entre estas as Irmãs Inês Confortim que trabalhou como enfermeira no Hospital Santa Terezinha e ajudou na coordenação das pastorais, principalmente da catequese. Colaboraram para o crescimento de nossa paróquia, as irmãs: Yolanda Maia e Irmã Assunção. Irmã Yolanda, juntamente com alguns leigos fundou na paróquia a Pastoral da saúde. E hoje atuam as Irmãs: Izidia, e Expedita, que fazem um trabalho de Auxilio Pastoral.

Em janeiro de 2012, foi nomeado como Pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima Frei Cícero Martiniano da Silva, e vigários paroquial Frei Francisco Costella, Frei João Pedro Vicenzi, sendo que, em 03 de Janeiro de 2013 Frei Francisco teve que se afastar da paróquia por motivos de saúde, e em 22 de abril retorna para paróquia Frei Manoel M. da Silva Neto. E hoje com muita humildade e persistência continuam sua missão de evangelizar.

Não podemos esquecer jamais de agradecer e dar graças a Deus pela presença de tantos amados Freis Capuchinhos que por aqui passaram e deixaram sua marca. Foram homens humildes e persistentes que enfrentaram muitas dificuldades, críticas, dores, mas acima de tudo foram amados e admirados por uma imensa população. Eles deixaram e continuam deixando aqui em Rio Verde, principalmente nesta paróquia a presença acolhedora e amável, sempre prontos a acolher, ajudar e trabalhar juntos com os leigos e leigas que aqui participam e os admiram.

Aos que continuam na missão e aos santos que partiram nossa eterna gratidão!

__________________________

Rua Augusta Bastos, 1035
75901-030 - Rio Verde-GO

Fone: (64) 3613-1814
E-mail: fatimarvd@bol.com.br

FRATERNIDADE SÃO JOSÉ

Frei Cícero Martiniano da Silva – Pároco e Ecônomo
Frei Diego de Souza Rodrigues – Guardião
Frei Flávio da Silva Yule – Vigário Paroquial