Tamanho do Texto:
A+
A-

Noviços fazem sua primeira Profissão Religiosa

19/09/2017 - 17h44
A celebração dos sete jovens capuchinhos, será em 04 de outubro, em Marau

A Fraternidade São Boaventura, de Marau – RS, sede do noviciado da província do Rio Grande do Sul, celebra na quarta-feira 04 de outubro, Festa de São Francisco de Assis,   a Primeira Profissão Religiosa de sete noviços.

Os freis Gaphene Ilasma, Jean Peterson Notis (Haiti), Pedro Rodrigues dos Santos Junior, Alex Rodrigues da Silva, Julio Trindade dos Santos Rodrigues, Thalles de Lima Bruno (MT/RO) e Cristian Martins Almeida (RS), professam diante da comunudade, familiares.A celebração acontece no Salão da Paróquia Cristo Rei de Marau. Os noviços ingressaram no noviado em outubro de 2016

Os jovens capuchinhos escolheram  o lema  “Fazei Tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5).  Frei Thalles de Lima Bruno explica que a escolha  desta passagem do evangelho de João, foi  importante para o grupo dos sete jovens. “"Durante um ano permanecemos no noviciado em Marau,  com nossas diferenças, conhecemos profundamente  a vida, a missão, o carisma dos capuchinhos. Então neste lema está contida as últimas palavras de Maria no Evangelho de João. E no nosso entender, são as primeiras de cada cristão que assumem a missão evangelizadora. Estas palavras de Maria são a herança que ela nos deixou. Trata-se de uma expressão que evoca a fórmula de fé utilizada pelo povo de Israel no deserto do Sinai, em resposta às promessas da aliança: “O que o Senhor disse, nós o faremos! ”. Explica o jovem noviço.

O mestre de Noviços frei Genésio Fracasso explica que o Noviciado é um ano no itinerário formativo, um período  noviço vive uma intensa experiência do ser frade capuchinho. Eles experimenta empos fortes de oração, contemplação, trabalho, conhecimento da vida fraterna, entre outros aspectos da vida humana e comunitária. e que são características franciscanas.  "É a partir do Noviciado que  o jovem passa a dispor de um hábito, para usá-lo sempre que oportuno e começa a ser chamado de frei ou “irmão”, porque sua grande meta será a de ser irmão em tudo e em todos os lugares, à exemplo de São Francisco de Assis”. Ensina frei Genésio.

O Ministro Provincial dos capuchinos do Rio Grande do Sul,  Frei Nilmar Carlos Gatto, diz que se sente feliz  em acolher os jovens à vida capuchinha.  Agora  como irmãos de hábito. "A provincia Sagrado Coração de Jesus, se sente enriquecida com este   grupo que chega. E nesta data  que é  para nós  franciscanos capuchinhos, o dia de São Francisco de Assis. Nos alegramos como provincia e como Igreja". comenta o provincial.

 No dia 04 um novo grupo ingressa no convento São Boaventura de Marau.   2017-2018. O atual grupo segue  o intinerario formativo, frequentando faculdade de filosofia e outros serviços em diferentes fraternidades.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei João Carlos Romanini (Frat. Imaculada Conceicao)

Ir. Lourdes Mantovani
20 de setembro de 2017
Bonita notícia: alegro-me com vocês. Noviços e com a província que acolhe vocês como novos irmãos franciscanos. Rezo por vocês. Continuem fazendo tufo o que Jesus vos disser.
Deixar um comentário