Tamanho do Texto:
A+
A-

Furacão deixa sofrimento no Haiti: os freis capuchinhos ajudam na reconstrução

24/07/2017 - 04h29

Segue a comunicação enviada pelo secretário provincial frei Moacir Molon: "Pelos menos até ontem, 12, não havia comunicação possível com os freis capuchinhos do Sul do Haiti, região onde houve maior destruição pelo furacão Matthew.

Frei Louis Jacques, de Porto Rico informa sobre a destruição provocada pelo furacão Matthew e, especialmente, alguma informação sobre os freis que residem no sul do Haiti (Les Cayes): Béraud e Abacou.

Os capuchinhos estão acolhendo muitas pessoas desabrigadas nas suas casas, transformando-as em verdadeiros albergues, dando a alimentação possível, água e assistência aos feridos.

Quanto possível, também ajudam aos que podem ir reconstruindo suas casas. Mas, acima de tudo, na grave situação em que vivem os habitantes do Sul do Haiti, os freis dedicam-se a escutar e acompanhar as pessoas na tarefa de suportar seus dramas após as perdas de vidas, das casas, das plantações, das árvores frutíferas e da devastação provocada pelo furacão Matthew.

Além dos feridos e das doenças – há grandes possibilidades do cólera devido à falta de água potável – há falta de alimentos, remédios e materiais para reconstruir as casas.

Para ajudar a Missão dos Capuchinhos no Haiti, está disponível a conta bancária:

Banco do Brasil

Agência 1487-7

Conta 26.792-9

A Província está ansiosa para que se restabeleça a comunicação com os confrades da Delegação do Haiti, tanto para saber como estão, como para ver formas possíveis de prestar assistência imediata.

As informações acima, bem como algumas das fotos anexadas (abaixo), chegaram através de um grupo no WhatsApp (JPIC Capuchinos America). O 'gráfico abaixo', publicado em jornais de circulação nacional no Brasil ajuda a dimensionar a gravidade dos estragos provocados pelo furacão".

Frei Moacir P. Molon

Secretaria Provincial

Província dos Capuchinhos RS

ofmcaprs@ascap.org.br

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Kellycio Medeiros Pereira (Sede da Custódia Provincial - Brasil Oeste)

Deixar um comentário
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do.