Tamanho do Texto:
A+
A-

Frei Messias Franco: 91 anos de oração

02/03/2018 - 13h31
No dia da oração, conhecemos a história de um frade capuchinho de São Paulo que até hoje segue o exemplo de seus pais e é exemplo para nós em uma vida de oração ativa

Frei Messias Franco de Campos comemorou, no dia 2 de fevereiro, 91 anos de idade. Mesmo após tanto tempo de vida, a oração continua fazendo parte de seu cotidiano, não como uma obrigação, mas como uma paixão e uma necessidade pessoal. Ao perguntarmos de onde veio o gosto pela oração, que todos deveríamos conservar, ele responde: vem de família! 

Um mês depois de seu aniversário, no dia 2 de março, o mundo comemora o Dia da Oração. Essa atividade está em falta no nosso dia-a-dia, seja pela correria, pelos afazeres ou, simplesmente, pela perca de fé que nos assola vez ou outra. Para o capuchinho, com quase 70 anos de vida religiosa, é importante atendermos ao apelo de Jesus e ter sempre o coração voltado para Deus e para as coisas de Dele. Seja hoje, no dia da oração, ou em todos os dias de nossa vida: ore! 

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Paulo Henrique (Assessoria de Comunicação e Imprensa, São Paulo - SP)

Leila Teresinha Franco De Campos Tetzner
13 de março de 2018
Bom dia com muita alegria! Fiquei muito feliz de saber da existência do Sr Frei, ainda mais tendo o meu sobrenome, Franco de Campos. Gostaria muitíssimo de um dia conhecer pessoalmente, se assim for possível Espero resposta Por favor, ore por mim, obrigada Sou a Leila de Limeira SP Fone 19 9 88 50 44 84 Um abraço fraterno
Lúcia Elena Martinatti
11 de março de 2018
Parabéns por viver uma vida com Deus e para Deus Que serenidade em suas palavras Que Deus conserve o ainda mtos anos entre nós Da sua prima filha do Onofre um de seus maiores admiradores.
maria jose franco de campos
11 de março de 2018
PARABENS FREI MESSIAS O SENHOR ESTA OTIMO QUE DEUS CONTINUE COM O SENHORTODOS DIAS DE SUA VIDA DE TODA MINHA FAMILIA ABRAÇOS.
Eliane Sonali Franco de Campos
10 de março de 2018
Parabéns tio frei, que Deus abençoe sempre vossa vida para que possamos contar sempre com vossas orações... abraços de sua familia/ sobrinha Eliane, sua cunhada Enoes e seu irmão Israel...
Carlos Eduardo Julio Morello
06 de março de 2018
Beth, não sei quem você é, mas sei que estou em oração por você e sua família. Sei também que Deus conhece nossos corações por esta razão peço a Nossa Senhora da Piedade que a cada dia e visite e acolha suas dores. Ela como mãe das dores e de misericórdia pode acalentar seu coração.
Leopoldo
03 de março de 2018
Parabéns frei Messias. Que Deus continue sempre abençoando sua caminhada. Reze por nós!
Beatriz
03 de março de 2018
A morte dói ,causa sofrimento aos que ficaram é uma perda e não aceitamos perder ninguém.A morte nao tem culpado apesar de sempre estarmos tentando achar culpados . A morte faz parte da vida,nos leva de qualquer maneira,não existe a certa ou errada seja de acidente,doença homícidio,suicidio não devemos apegar na maneira da morte apenas a hora certa chegou e nos leva . A saudade fica o amor permanece ,as lágrimas com o tempo vai cessar e o entendimento vai nos confortar . Ó maior consolador da morte e Jesus pois mostrou que havia vida após a morte .
Deixar um comentário