Fraternidade Seminário Seráfico São Fidélis

Resumo histórico: Entre as faculdades concebidas pela Santa Sé aos fundadores da Missão de São Paulo por rescrito da Sagrada Congregação dos Negócios Extraordinários de 16 de julho de 1889, figurava em primeiro lugar a de abrir uma escola seráfico para a formação de sacerdotes nativos.

Quando em 1894 chegou Frei Bernardino de Lavalle, tratou logo de dar cuprimento a essa necessidade. Na reunião do Conselho da Missão realizada em 21 de abril de 1896 foi escolhida a cidade de Taubaté e imediatamente se deu início aos trabalhos.

A 13 de julho desse mesmo ano já estavam lá os primeiros candidatos vindos de Piracicaba. No dia 15 de março de 1897 foi solenemente inaugurado o prédio do Colégio Seráfico que teve como padroeiro o mártir capuchinho São Fidélis de Sigmaringa. Em 1911 foi transferido para Piracicaba onde cessou de existir em 1916. Reaberto provisoriamente em Botucatu no ano de 1919, cessou outra vez de existir no ano seguinte. Novamente aberto a 4 de julho de 1922 em São Manuel do Paraíso, foi transferido provisoriamente para São Paulo em fevereiro de 1923, de onde a 10 de dezembro de 1928 partiu definitivamente para Piracicaba em prédio próprio, que foi diversas vezes ampliado.

Aos 5 de fevereiro de 1973 algumas dependências foram alugadas por 4 anos para a "Associação de Educação e Cultura São Fidélis". Não podendo levar avante o plano de abrir novas Faculdades, a mesma Associação devolveu à Diocese a Faculdade de Serviço Social que assumem e rescindiu o contrato com a província, mantendo ali sua Faculdade até 1974. Em fins desse ano, algumas das dependências são alugadas à Copersucar para escritórios por alguns anos. A direção dos Cursilhos de Cristandade ocupa também algumas salas que lhe foram alugadas em 1975. Apesar de serem alugados vários espaços, sempre foi reservada grande e suficiente ala para a residência dos frades. Em dezembro de 1975, o Noviciado foi transferido de Botucatú para o São Fidélis. Em janeiro de 1981 começou a funcionar no Seminário o Postulantado com o Curso de Vida Religiosa até 1993.

Nessa ocasião o Colégio Seráfico tomou o nome oficial de Seminário Seráfico São Fidélis. No dia 22 de dezembro de 1970 o Seminário fechadefinitivamente suas portas como internato. Alguns seminaristas transferem-se para o Seminário de Birigüi, enquanto 12 deles (de Piracicaba) prosseguiram seus estudos no mesmo São Fidélis que desde 1969 já recebia alunos externos numa experiência de colégio. Em 1972, não havendo clientela para a reabertura das aulas normais, foi suspensa a experiência e o prédio ficou a disposição da pastoral da Província e da Diocese. Em reunião de 24 de fevereiro de 1972 o Definitório Provincial reuniu numa só fraternidade os freis do Convento Sagrado Coração de Jesus e do Seminário São Fidélis, embora sendo residências distintas. Tal disposição porém, foi revogada em reunião definitorial nos dias 21 e 23 de março do mesmo ano, quando foi autorizada venda de uma parte do terreno do São Fidélis e abertura de uma Faculdade.

Atualmente no Seminário funcionam a Biblioteca Central da Província, o Museu e o Centro Franciscano de Espiritualidade.

Diocese: Piracicaba 
Endereço: Av. Independência,776 
Caixa Postal: 48 
Cep:13400-970 - PIRACICABA  - SP 
Telefone/Fax: (0xx19) 3422-5302 
E-mail:  centro_franciscano@procasp.org.br