Tamanho do Texto:
A+
A-

CAPUCHINHOS DA BAHIA CELEBRAM  MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS PELO RECONHECIMENTO DE IRMàDULCE COMO SANTA DA IGREJA

15/05/2019 - 08h31
Canonização Irmã Dulce

CAPUCHINHOS DA BAHIA CELEBRAM  MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS PELO RECONHECIMENTO DE IRMàDULCE COMO SANTA DA IGREJA

 

No  último dia 14/05 às 16 h foi  celebrada uma missa em ação de graças, no Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus,  pela aprovação do milagre para a canonização da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.  O anuncio de que a  Beata Irmã Dulce, o "Anjo bom da Bahia", será proclamada Santa, foi autorizado na segunda-feira, 13 de maio, quando o Papa Francisco recebeu em audiência o prefeito do Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu, na qual autorizou o Dicastério vaticano a promulgar o decreto.

Em Salvador, este anúncio foi divulgado oficialmente na manhã da última  terça-feira (14), durante coletiva de imprensa realizada nas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). Estiveram presentes o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, a presidente da OSID, Maria Rita Lopes Pontes, que também é sobrinha de Irmã Dulce, o médico perito do Hospital Santo Antônio, Sandro Barral, o reitor do santuário, Fr. Giovanni Messias, o capelão do hospital, Fr. Mario Erky  e as Irmãs da Congregação da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.

A Beata Dulce Lopes Pontes (nome de batismo: Maria Rita Lopes de Sousa Brito), conhecida como Irmã Dulce – “O Anjo bom da Bahia”, recordada por sua obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados. Religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, a Beata Irmã Dulce nasceu em Salvador em 26 de maio de 1914 e ali faleceu em 22 de maio de 1992. Irmã Dulce foi beatificada em 22 de maio de 2011 e com este decreto será proclamada Santa proximamente em solene celebração.

Para o reitor do santuário Irmã Dulce, Fr. Giovanni Messias, frade capuchinho, “Além de ser uma alegria para o povo do Brasil e para a Igreja particular de Salvador, arquidiocese primaz do Brasil, é também motivo de júbilo para família franciscana , porque Irmã Dulce era também franciscana e o seu amor para com os pobres  faz com que ela se identifique ao nosso pai São Francisco de Assis."

" Nós, Frades Capuchinhos da província da Bahia e Sergipe, que trabalhamos nas Obras Sociais Irmã Dulce, recebemos com grande alegria a notícia da aprovação do milagre para canonização da Bem-aventurada Dulce dos Pobres e estamos nos preparando para acolher os devotos e devotas que virão visitar a capela das relíquias onde está o corpo da Beata Dulce dos Pobres. Que a bem-aventurada Dulce dos Pobres  possa rogar a Deus por cada um de nós, disse o frade Capuchinho."

 

Juntamente com Irmã Dulce, vários outros beatos  serão também proclamados santos.  Entre eles, o vaticano também  reconheceu às virtudes heroicas do Servo de Deus Salvador Pinzetta (nome de batismo: Hermínio Pinzetta), religioso da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos; nascido em Casca, no Rio Grande do Sul (Brasil) em 27 de julho de 1911 e falecido em Flores da Cunha (RS) em 31 de maio de 1972.

 

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Rafael Silva (Cúria Provincial)

Deixar um comentário