Necrologia

Selecione o Mês:

Frei Eurico Bolzan (Henrique Bolzan)

18/06/1929
14/11/1988

Sacerdote.

Nasceu no dia 18 de junho de 1929 em Flores da Cunha/RS. Filho de João Bolzan e Genoveffa Paganin.

  • Ingressou no Seminário no dia 02 de julho de 1940 em Veranópolis/RS.
  • Profissão Temporária no dia 06 de janeiro de 1949 em Flores da Cunha/RS.
  • Profissão Perpétua no dia 06 de janeiro de 1952 em Marau/RS.
  • Ordenação Diaconal no dia 06 de fevereiro de 1955 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Presbiteral no dia 13 de fevereiro de 1955 em Flores da Cunha/RS por Dom Benedito Zorzi.

 

Na Província do Rio Grande do Sul trabalhou em Lagoa Vermelha, Soledade, Barros Cassal e Caxias do Sul.

Em 1975 foi transferido para a Província do Brasil Central, inicialmente como Vice Provincial de 1975 a 1978 e depois trabalhou em Goiânia/GO, Brasília/DF, Coxim/MS e Rio Verde/GO.

Faleceu no ano de 1988 em Rio Verde/GO. Está sepultado em Flores da Cunha/RS no jazigo da família Bolzan.

Estava com 59 anos de vida, 39 de vida religiosa e 33 de Presbítero.

Frade convicto, decidido e corajoso, ao mesmo tempo disponível, alegre e serviçal. Dedicação, competência e liderança são marcas de sua atuação.

Frei Cristóvão Pirolli (Ângelo Pirolli)

31/07/1917
25/11/2004

Sacerdote.

Nasceu no dia 31 de julho de 1917 em Vacaria/RS. Filho de Dominga Pagno e Carlos Pirolli.

  • Ingressou no Seminário Seráfico São José no ano de 1931 em Veranópolis/RS.
  • Profissão Temporária no dia 06 de janeiro de 1938 em Flores da Cunha/RS.
  • Profissão Perpétua no dia 06 de janeiro de 1941 em Marau/RS.
  • Ordenação Diaconal no dia 19 de setembro de 1943 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Presbiteral no dia 26 de dezembro de 1943 em Garibaldi/RS por Dom José Baréa.

 

Na Província do Rio Grande do Sul trabalhou em Paim Filho, Valzumiro Dutra, Cacique Doble, São José do Ouro, Pedro Osório e Pelotas.

Na Província do Brasil Central trabalhou em Aparecida do Taboado/MS, Rio Verde/GO, Caldas Novas/GO e Ceilândia Sul/DF.

Em Rio Verde de Mato Grosso/MS fundou e dirigiu o Colégio Agrícola que hoje leva seu nome. Lá também, em 1971, escalou o Morro Castelo, atualmente conhecido como “Morro do Padre”, onde passava longos períodos em contemplação. No início dos anos 80 passou a viver independente da Província.

Faleceu no ano de 2004 em Anápolis/GO, foi sepultado no cemitério público da mesma cidade. Em março de 2013, os restos mortais foram levados para a “Santa Montanha” de Rio Verde de Mato Grosso/MS, por Frei Davi de Marau.

Estava com 86 anos de vida, 66 de vida religiosa e 61 de Presbítero.

Viveu na pobreza e simplicidade. Sempre solícito no atendimento aos doentes. Era radical na forma de vida e nas concepções religiosas e morais.

Frei Amadeu Semin (Antônio Semin)

24/10/1919
28/11/2014

Sacerdote.

Nasceu no dia 24 de outubro de 1919 em Caxias do Sul/RS. Filho de Victória Lain Semin e João Semin.

  • Ingressou no Seminário no dia 31 de janeiro de 1931 em Veranópolis/RS.
  • Profissão Temporária no dia 05 de janeiro de 1938 em Flores da Cunha/RS.
  • Profissão Perpétua no dia 19 de setembro de 1941 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Diaconal no dia 19 de setembro de 1943 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Presbiteral no dia 26 de dezembro de 1943 em Garibaldi/RS por Dom José Baréa.

 

Na Província do Rio Grande do Sul trabalhou em Veranópolis, Caxias do Sul, Bom Jesus, Vila Ipê, Santa Maria, Lagoa Vermelha e também trabalhou no Rio de Janeiro/RJ na CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil). Nos anos de 1945 até 1951 esteve trabalhando em Portugal.

Na Província do Brasil Central trabalhou em Ceilândia Sul/DF, Jaraguá/GO, Goiânia/GO, Piracanjuba/GO e Brasília/DF até o seu falecimento.

Faleceu no ano de 2014 e foi sepultado no jazigo dos Capuchinhos do Cemitério Campo da Esperança.

Estava com 95 anos de vida, 75 de vida religiosa e 70 de Presbítero.

Frade simples, de muitas qualidades, respeitoso, orante, conselheiro, confessor, devoto da Virgem Maria, o que fez angariar o respeito dos demais frades e admiração do povo de Deus, particularmente de Brasília.

Frei Venâncio Pivatto (João José Pivatto)

24/06/1912
10/11/1978

Sacerdote.

Nasceu no dia 24 de julho de 1912 em Veranópolis/RS. Filho de Tereza Mezzalira e Antônio Giuseppe Pivatto.

  • Ingressou no Seminário no dia 24 de maio de 1925 em Veranópolis/RS.
  • Profissão Temporária no dia 10 de fevereiro de 1929 em Flores da Cunha/RS.
  • Profissão Perpétua no dia 15 de agosto de 1933 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Diaconal no dia 22 de maio de 1937 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Presbiteral no dia 08 de agosto de 1937 em Garibaldi/RS por Dom José Baréa.

 

Na Província do Rio Grande do Sul trabalhou em Lagoa Vermelha, Marau, Caxias do Sul, Porto Alegre e Santa Maria. Esteve estudando em Roma e no Brasil foi animador e divulgador do Movimento “Mundo Melhor”, atuando também na CNBB e CRB Sul 3.

Em 1973 integrou-se à Província do Brasil Central e trabalhou sempre em Brasília/DF. Faleceu no ano de 1978 em Brasília/DF, vítima de câncer. Foi sepultado no jazigo dos Capuchinhos no Cemitério Campo da Esperança em Brasília/DF.

Estava com 66 anos, 49 de vida religiosa e 41 de Presbítero.

Frade alegre, expansivo, grande orador e sempre primou pela simplicidade.

Frei Jaime Biazus (Lucindo José Biazus)

24/10/1922
10/11/2016

Sacerdote.

Nasceu no dia 24 de outubro de 1922 em Flores da Cunha/RS. Filho de Lúcia Maria Muraro e João Biazus.

  • Ingressou no Seminário no dia 13 de fevereiro de 1935 em Veranópolis/RS.
  • Profissão Temporária no dia 07 de março de 1941 em Flores da Cunha/RS.
  • Profissão Perpétua no dia 12 de agosto de 1944 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Diaconal no dia 26 de janeiro de 1947 em Garibaldi/RS.
  • Ordenação Presbiteral no dia 13 de julho de 1947 em Garibaldi/RS por Dom José Baréa.

 

Na Província do Rio Grande do Sul trabalhou em Porto Alegre, Caxias do Sul, Vila Ipê, Marau e Ijuí.

Em 26 de outubro de 1978 foi enviado como Vice Provincial da Vice Província de Goiás/Mato Grosso. Em 1982 é o primeiro Ministro Provincial da Província do Brasil Central e trabalhou em Brasília/DF, Campo Grande/MS, Goiânia/GO e Rio Verde/GO. No dia 08 de dezembro de 2005 regressa a Brasília/DF onde permaneceu até o seu falecimento no ano de 2016. Está sepultado no jazigo dos Capuchinhos no Cemitério Campo da Esperança em Brasília/DF.

Estava com 94 anos, 75 de vida religiosa e 69 de Presbítero.

 

Veja Mais