Tamanho do Texto:
A+
A-

Celebração marca o encerramento do Ano Jubilar da Paróquia Nossa senhora Aparecida de Tangará da Serra

12/03/2019 - 11h41
A Santa Missa foi presidida pelo Bispo diocesano Dom Vital Chitolina e concelebrada pelos Freis Capuchinhos que estavam presentes.

No sábado, dia 09 de março, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Tangará da Serra – MT, realizou o encerramento das comemorações de seu Jubileu de Ouro. A comunidade estava se preparando para este dia desde a Missa de Abertura, no dia 10 de março de 2018. Durante todo esse ano jubilar aconteceram várias comemorações.

A comunidade tornou-se Paróquia no dia 09 de março de 1968, e como parte da história, desde 1983, são os Freis Capuchinhos que dão continuidade à missão evangelizadora. Os primeiros missionários, escolhidos e enviados, foram os freis Constantino Deon, que juntamente com o frei Natalino Vian e frei Eliseu Menegat são os pioneiros heroicos que deixaram suas marcas de trabalhadores incansáveis por onde passaram. Os Freis Capuchinhos chegaram em Tangará da Serra no dia 14 de dezembro de 1983.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida é composta atualmente, de 37 comunidades e conta com serviços, pastorais e movimentos e a Fraternidade Capuchinha com 6 frades ao serviço da paróquia.

A celebração, deste último dia 09 de março, foi presidida pelo bispo diocesano de Diamantino Dom Vital Chitolina, e com a concelebração do pároco capuchinho frei Hélio Aparecido dos Santos e demais freis capuchinhos. A celebração com vários momentos que recordaram e homenagearam a história da comunidade desde a sua criação, os padres e freis que passaram pela Paróquia, pioneiros, representantes das pastorais, movimentos, serviços e fiéis, que auxiliaram esta caminhada tão importante para o município de Tangará da Serra.

Em sua homília, Dom Vital falou sobre o trabalho e a união da comunidade para se transformar e chegar até os 50 anos de história.

O pároco Frei Hélio Aparecido, em sua fala acrescentou:

Estamos felizes por essa celebração. Desde o ano passado estamos vivendo momentos ricos. Agora chegou o momento de encerrarmos esse ano jubilar em ação de graças com todas essas realidades e aquilo que foi construído nesses períodos.

 

Logo após a celebração, uma procissão seguiu até a praça em frente à Igreja Matriz, onde foi realizada a cerimônia de descerramento da placa do jubileu e a bênção da imagem de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira escolhida para abençoar esta Paróquia.

O povo vibrou, celebrou e se emocionou com estes momentos que com certeza, ficarão marcados nas vidas de muitos fiéis e poderão contar para futuras gerações.

Por Mariza Meyer.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Diego de Souza Freitas (Paróquia Nossa Senhora Aparecida)

Deixar um comentário