Atitude sustentável: 4 dicas da vida franciscana para o seu dia a dia

Atitude sustentável: 4 dicas da vida franciscana para o seu dia a dia

Desde que passamos a reconhecer os nossos impactos no planeta, meio ambiente e sustentabilidade tornaram-se pauta global. Assim, a ideia de uma vida mais limpa, sustentável e de um consumo mais consciente viraram tendências mundiais. Junto a isso, percebemos que cresceu, em diversas pessoas, o amor pelas coisas vivas, seja do reino animal ou vegetal. E você sabia que tudo isso sempre fez parte da vida franciscana?

Contemplar o que é natural, orgânico e vivo, as coisas que nós chamamos de criação divina, é, naturalmente, louvar a Deus. Exatamente por isso que o contato com a natureza e a socialização com cada ser vivo são atitudes e sentimentos próprios da vida franciscana.

Sabemos que o seu amor pela natureza te trouxe aqui. Por isso, hoje, temos alguns questionamentos para fazer:

- Quantas vezes neste ano você andou na chuva? E dessas vezes, quantas você apreciou as gotas de água caindo sobre você?

- E quantas vezes você já parou para descansar ao sol após o almoço? Durante esses momentos, você tirou os calçados para sentir a terra e a grama sob seus pés?

Independentemente das suas respostas, convidamos você a buscar essa conexão mais forte com o meio em que você vive. Isso porque contemplar a natureza e apreciar a obra divina não é algo exclusivo para quem é frei. Para ajudar, trouxemos 4 ideias para aplicar no seu dia a dia. São dicas de como preservar o meio ambiente, contemplar a natureza e ter uma atitude sustentável na sua rotina.

Dica 1: Assista o pôr do sol, aprecie a chuva ou contemple o mar.

Seja durante o final de semana ou no final de um longo dia de trabalho. Tire um tempo para observar o sol se pôr. Em vez de reclamar da chuva, feche os olhos e ouça ela cair, permita-se sentir as gotas caírem sobre você. E se você mora perto do mar, já pensou em observar as ondas quebrarem? Feche os olhos, ouça o som, sinta a brisa e a areia nos seus pés.

A imagem acima foi feita durante o Retiro Provincial Anual dos Capuchinhos da Bahia e Sergipe. Durante o encontro, realizado em 2014 no Centro de Treinamento de Líderes, em Itapuã-Salvador, o Frei Alan Santana aproveitou o tempo livre para fazer uma reflexão, como chamamos, deserto.

Dica 2: Cuide do meio ao seu redor.

Pequenas ações podem mudar o mundo. Por isso, adote medidas simples como não jogar o lixo no chão, separá-lo para reciclagem, optar pela caminhada ou andar de bicicleta em vez de carro ou diminuir o desperdício de água e energia elétrica. Se quiser ir além: evite o uso de embalagens de isopor, leve para o mercado sacolas retornáveis, evitando o uso das sacolas plásticas e escolha pilhas recarregáveis ao invés das comuns.

Dica 3: Cultive uma horta ou plante uma árvore.

Você pode seguir o nosso exemplo e mobilizar o seu bairro a fazer algo parecido, ou fazer uma pequena horta na sua casa, mesmo. Na internet você encontra várias alternativas para cultivar diferentes tipos de verduras e temperos. Quem sabe isso não inspira você a ir além e plantar uma árvore algum dia?

Dica 4: Não esqueça os animais.

Não adianta contemplar a natureza, cuidar do nosso entorno, cultivar um jardim ou horta se não respeitamos os animais. Já pensou em adotar um bichinho ou em ajudar uma ONG dedicada aos animais? E se você já tem o seu pet em casa, lembre-se de cuidá-lo como se fosse da família, afinal, ele é, não é mesmo?

E você já parou para pensar que o amor e o cuidado pelo meio ambiente podem ser frutos de algo maior? E que, se esse é o caso, existem muitas coisas que você pode.


Autor:
Comissão de Comunicação da CCB
No items found.
Comente