SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO – 20/11/2022

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO – 20/11/2022

SOLENIDADE DE NOSSOSENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO – 20/11/2022

Jesus Cristo: o rei queveio servir e redimir toda a criação.

 

ACOLHIDA

Animador:Irmãos e irmãs, com alegria nos reunimos para celebrar a solenidade de CristoRei, que marca o fim do ano litúrgico. Jesus, imagem visível do Deus invisível,viveu sua realeza servindo, doando-se plenamente pela libertação e salvação dahumanidade e a redenção de toda a criação. Celebramos também o dia dos cristãosleigos e leigas, que com amor se comprometem com o Reino que o Senhorinaugurou. Acolhemos a procissão de entrada, cantando.

 

ATO PENITENCIAL

Presidente:Cristo Rei Servidor é misericórdia e piedade, é amor, é paciência, é compaixão.É muito bom para com todos, sua ternura abraça toda criatura. Agradecidosacolhamos o abraço de Deus e o seu perdão, cantando.

 

GLÓRIA

Animador:Na celebração da solenidade de Cristo, Rei do Universo, expressamos nossolouvor por tantos que vivem com alegria a missão de servir, sendo sal que dágosto à vida dos irmãos e irmãs que sofrem e sendo luz que indica o caminho queconduz ao Reino do Pai. Unidos na alegria deste dia, cantemos.

 

LITURGIA DA PALAVRA

Primeira leitura: 2Sm 5,1-3

Salmo Responsorial: Quanta alegria efelicidade: vamos a casa do Senhor!

Segunda leitura: Cl 1,12-20

Evangelho: Lc 23,35-43.

REFLEXÃO

- Com asolenidade de Cristo Rei do Universo, enceramos o ano litúrgico e iniciamos umnovo ano. Cristo é verdadeiramente Rei, porém, não dentro das concepçõeshumanas, dos sistemas monárquicos, da imposição pela força ditatorial, daobediência pelo medo, mas um Rei manso e humilde de coração, que não nasceu numpalácio, mas na periferia das periferias, pobre e despojado, exerceu seureinado pelo serviço aos mais simples, pobres e humildes, pela doação de suavida pela vida da humanidade.

- Aprimeira leitura nos traz a figura de Davi, um rei ungido dentro da tradiçãojudaica. Um rei que cuidasse do povo, que estivesse ao seu lado como o pastorestá do lado de suas ovelhas. Davi, por mais que buscasse reinar conforme odireito e a justiça, era humano, portanto limitado, mas visto e reconhecido porseu povo como modelo de rei. Jesus era descendente de Davi, mostrando assim, ocumprimento da profecia e da promessa de Deus. Este rei prometido, que viriarealizar a justiça na sua plenitude, era esperado ansiosamente pelo povo. Atéque ele vem a nós supreendentemente, na figura de um bebê indefeso e pobre.Jesus vem inaugurar um reinado novo, e isso fica bem claro em sua vida pública.Ele inverte totalmente os valores humanos. Enquanto os reis eram servidos, eleveio para servir; os reis moravam em palácios, ele vivia peregrinando, sem teronde reclinar a cabeça, seu trono foi a cruz, e sua coroa foi de espinhos.Quando ele entra em Jerusalém montado num jumentinho, surpreende a todos, poismuitos o aguardavam vindo carregado numa liteira ou numa carruagem digna de umrei. Na véspera de sua paixão, ele coloca um avental e lava os pés de seusdiscípulos, uma das maiores lições: servir os irmãos na humildade, da maneiramais humilde que alguém possa servir, mostrando-nos que, quem quiser sergrande, seja o menor de todos. É esse o reinado que ele vem inaugurar.

- O PapaFrancisco tem buscado dar exemplo concreto desse reinado no seu pontificado.Age com humildade; dispensa formalidades e pompas; acolhe os pequenos ehumilhados, fala uma linguagem que toca o coração das pessoas. Assim, a Igreja,na pessoa do Sumo Pontífice, traz uma nova esperança para vivermos aqui oreinado de Cristo; o reinado do amor e do serviço, pautado na justiça e nahumildade dos que servem.

- JesusCristo é o Rei, Cabeça do Corpo que é a Igreja, da qual fazemos parte pelobatismo, ou seja, somos membros do Corpo de Cristo. Pela unção do EspíritoSanto, participamos de sua missão, de seu reinado. No dia dos cristãos leigos eleigas, cabe-nos fazer umas perguntas: como estou exercendo o meu reinado naIgreja e na sociedade? Estou sendo um agente de pastoral, ou apenas um meroconsumidor de sacramentos? Qual o meu grau de envolvimento e participação naminha comunidade? Estou abraçando o projeto de uma Igreja Sinodal, o “caminharjuntos”, como essência do ser Igreja? Encontrar, conhecer, crer, amar e seguircom fidelidade a Jesus nos faz verdadeiramente participantes do seu reinado.

 

PRECES DA COMUNIDADE

Presidente:Cristo é, por excelência, o Rei que escuta com o coração e é solícito às nossasnecessidades. Por isso, confiantes, suplicamos: Cristo Rei do Universo, vinde emnosso auxílio.

1 – Pela Igreja, para quedesempenhe com coragem a missão de portadora da Boa-nova do Reino para ospobres, os pacíficos, os misericordiosos e os sedentos de justiça, rezemos aoSenhor.

2 – Pelo Papa Francisco, osministros ordenados unidos aos leigos e leigas, para que vivam com alegria ehumildade sua vocação de servir ao povo de Deus, rezemos.

3 – Pelos que exercem opoder terreno, para que o façam com justiça, visando sempre o bem comum,segundo o modelo de Cristo Rei, rezemos.

4 – Pelos crucificadosdesse mundo, vítimas do abandono, do desemprego, da pobreza, da violência, dopreconceito e da injustiça, para que superem sua atual condição e alcancem opleno respeito à sua dignidade, rezemos.

5 – Pelos cristãos leigos eleigas, para que assumam, com decisão e fé, o compromisso de serem sujeitos detransformação da sociedade, rezemos.

OFERTÓRIO

Animador: No pão e no vinho, oferecemos adiversidade de serviços e ministérios exercidos com amor e humildade em nossascomunidades como participação no reinado de Cristo, cantando.

 

COMUNHÃO

Animador:Cristo, Rei do Universo, nos ensina a servir com generosidade, acolhida ecompaixão.  Nos mostra a alegria deservir ao Reino de Deus. Ele se dá a nós no Pão Eucarístico. Vamos recebê-locantando.

Autor:
No items found.
Comente