SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI – 03/06/2021

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI – 03/06/2021

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI – 03/06/2021

Viver eucaristicamente em defesa da vida.

ACOLHIDA:

Animador: Bendito seja o trigal, pois de seus grãos nasce o pão que mata a fome do faminto e

torna farta nossas mesas. Bendito seja o trigo que, triturado no moinho, e dourado torna-se

branco como a neve e, das mãos abençoadas, torna-se o pão do altar! Benditos sejam os olhos

que se extasiam ao contemplar e adorar tamanha singeleza e tão nobre grandeza, pois é Jesus, o

Pão do Céu! Eucaristia, mistério de amor, Mistério Pascal, presente do Senhor, fonte e ápice da

vida cristã, da vida da Igreja. Reunidos como irmãos, damos graças, pelo mistério do amor, a

presença do Senhor, o Pão do Altar. Com alegria iniciemos cantando.

ATO PENITENCIAL

Animador: Senhor, vós nos dais tudo, nos dais o pão, e quereis ele esteja em todas as mesas. O

vosso próprio Filho Jesus assumiu a forma de pão na Eucaristia, para estar no meio de nós e nos

alimentar com seu Espírito, com sua Vida. Sabemos que só podemos desejar o Pão do céu se

partilharmos o pão de cada dia. Pelo nosso egoísmo, ganância, individualismo, insensibilidade,

supliquemos a misericórdia de Deus, cantando.

HINO DO GLÓRIA

Animador: Pelo batismo nos tornamos membros do Corpo de Cristo, somos enxertados Nele e

Dele recebemos a seiva, o Espírito da Vida. Pelo dom da Eucaristia, por sermos convidados

especiais na Mesa do Senhor, vibrantes cantemos.

LITURGIA DA PALAVRA

Primeira Leitura: Ex 24,3-8

Segunda Leitura: Hb 9,11-15

Evangelho: Mc 14,12-16.22-26

PROFISSÃO DE FÉ

REFLEXÃO

Jesus, o Filho de Deus Vivo, pelo mistério da encarnação, assumiu plenamente a realidade

humana, exceto o pecado. Ele tomou a forma humana no ventre sagrado de Maria. Deus tornou-

se visível, no corpo, no ser, no agir, no estilo de vida de Jesus. “Quem me vê, vê o Pai”, disse

Jesus. Nas vésperas de sua Paixão, morte e ressurreição, Ele celebrou a Última Ceia, na qual

instituiu o Sacramento da Eucaristia. Ao tomar o pão, elevou ao Pai um hino de ação de graças,

partiu o pão e o deu aos seus discípulos dizendo: “Tomai todos e comei, isto é o meu CORPO,

que será entregue por voz”. Em seguida, tomou a cálice com vinho, mais uma vez elevou ao Pai

um hino de ação de graças e deu o cálice aos discípulos dizendo: “Tomai todos e bebei, este é o

cálice do meu SANGUE, o sangue da nova e eterna Aliança, que será derramado por vós, para o

perdão dos pecados”. Jesus entregou seu Corpo e derramou seu Sangue na cruz por amor à

humanidade, mas permanece sacramentalmente em nosso meio através da Eucaristia – Pão da

Vida. É um mistério tão grande que não cabe em nossa limitada compreensão racional. Só o

aceitamos e assimilamos pela Fé, e vivendo eucaristicamente, ou seja, como Jesus, doando-nos

em favor da vida dos outros.

A partir do século XIII, uma crise se instaurou no seio da Igreja, em razão de interpretações

equivocadas sobre a Eucaristia, contestando, principalmente, a presença real de Cristo na

Eucaristia. Neste contexto, no ano de 1264, o Papa Urbano IV, instituiu a Festa do Corpo de

Deus, para publicamente expressarmos nossa fé, e adorar o Cristo presente entre nós na

Eucaristia. Cristo está tão presente na sua Palavra, quanto na Eucaristia. Está presente na Igreja,

pois pelo Batismo, tornamo-nos membros do Corpo de Cristo. Mas só está no Corpo de Cristo

quem vive do Espírito de Cristo. Santo Agostinho em suas sábias catequeses nos diz: “Recebam

o que vedes (O Corpo de Cristo), e sejam o que vocês recebem (O Corpo de Cristo). Ao que

vocês recebem, vocês dizem: Amém. Sejam, portanto, Corpo de Cristo para que o vosso Amém

seja verdadeiro. A Eucaristia é plena em nós quando estamos em comunhão com o Cristo Total:

Cabeça e membros.

O Papa Francisco nos diz que “O Cristo, que nos alimenta com as espécies consagradas

do pão e do vinho, é o mesmo que vem ao nosso encontro nos acontecimentos do quotidiano; no

pobre que estende a mão, no sofredor que pede ajuda, no irmão que reivindica a nossa

disponibilidade e espera o nosso acolhimento. Que a festa do Corpo de Deus inspire e alimente

sempre mais em cada um de nós o desejo e o compromisso por uma sociedade acolhedora e

solidária. Quem comunga não pode ficar indiferente com quem não tem pão.

PRECES DA COMUNIDADE

Animador: No dia em que celebramos a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, apresentemos

ao Senhor nossas preces, cantando: Atendei, ó Senhor, a nossa prece.

1 – Pela Santa Igreja, para que celebre dignamente a Eucaristia, e dê testemunho de comunhão,

solidariedade e partilha, cantemos.

2 – Por todos nós aqui reunidos, para que alimentados pelo Pão da Palavra e da Eucaristia,

demos testemunho de unidade na vida da comunidade, cantemos.

3 – Pelos cristãos perseguidos, que vivem e celebram a eucaristia na clandestinidade, para que

com o auxílio divino perseverem em meio as adversidades e sofrimentos, cantemos.

4 – Pelos enfermos, para que não lhes falte o alimento eucarístico e o conforto de seus amigos e

familiares, cantemos.

PREPARAÇÃO DAS OFERENDAS

Animador: Jesus não retém nada para si, ele doa tudo, nos dá sua vida. Nossa oferta será

agradável a Deus, quando no pão e no vinho, estiver representado o dom de nossa vida a Deus e

aos irmãos e irmãs. Cantemos.

COMUNHÃO

Animador: Recebam o que vocês veem: o Corpo de Cristo; e sejam aquilo que vocês recebem:

Corpo de Cristo. Ao que vocês recebem, vocês dizem: Amém. Vivam unidos a Cristo e aos seus

irmãos e irmãs para que o vosso “Amém” seja verdadeiro. Recebamos o Corpo do Senhor,

cantando.

Autor:
Frei Carlos Raimundo Rockenbach
No items found.
Comente

Heading

Heading

What’s a Rich Text element?

The rich text element allows you to create and format headings, paragraphs, blockquotes, images, and video all in one place instead of having to add and format them individually. Just double-click and easily create content.

Static and dynamic content editing

A rich text element can be used with static or dynamic content. For static content, just drop it into any page and begin editing. For dynamic content, add a rich text field to any collection and then connect a rich text element to that field in the settings panel. Voila!

How to customize formatting for each rich text

Headings, paragraphs, blockquotes, figures, images, and figure captions can all be styled after a class is added to the rich text element using the "When inside of" nested selector system.

No items found.